WEBK Marketing Digital

Site Para Startup – O Que Você Precisa Saber Antes de Lançar o Seu

Atualizado em 18/02/2020
Por Bernardo Klock
5 min de leitura

Toda empresa necessita de um site profissional, bem feito, rápido e otimizado para dar uma boa impressão, e é isso que empreendedores deveriam buscar quando pensam em contratar um site para startup.

Com a febre das startups surgindo em todo o mundo (e isso é ótimo!), muitos potenciais empreendedores se deparam com a necessidade de mostrar sua ideia para o mundo. É aí que entra o site institucional da sua startup. Nele você vai mostrar sua ideia do negócio e expor informações importantes para conquistar clientes e novos investidores.

Neste artigo falaremos sobre a importância de se ter um bom site para startup, de qualquer segmento, pois a primeira impressão é a que fica.

Preciso de um site para minha startup? O que devo levar em conta?

Primeiramente, você não deve começar sua empresa pensando em gastar, muito menos pensando em gastar um pouco mais do que precisa só para ter um site que você julga ser adequado. Vejam o que Paul Graham, investidor de risco no Vale do Silício diz sobre a morte de startups:

Investidor anjo paul Graham sobre a causa da morte de startups Investidor de risco Paul Graham (siga ele) fala sobre a principal causa da morte de startups.

Traduzindo o tweet de Paul Graham: “A causa #1 da morte de uma startup é fazer algo que ninguém quer. A causa #2 é gastar muito. Estas duas são as causas de tantas mortes que eu nem mesmo estou certo de qual seria a causa #3.  Se você simplesmente fizer algo que as pessoas querem e não gastar muito, você estará bem na frente.”

Você está no início de uma jornada de muito esforço mental e financeiro, então, um site para startup custando milhares de reais não fará diferença alguma, e pode ainda ajudar a matar sua empresa.

Caso esteja pensando em receber ajuda de investidores anjo, se você gastar em supérfluos ou gastar demais de forma geral, o investidor perceberá que você é um gastador e provavelmente afastará a possibilidade de investir em sua ideia.

Neste início gaste pouco e, principalmente, foque no seu produto. Ele precisa resolver um problema e ajudar as pessoas ou empresas, afinal, um produto que ninguém quer fará com que sua startup morra.

Qual é a hora de investir em um website para minha startup?

Depois que sua ideia estiver funcionando (mesmo que um MVP) e estiver na hora de atacar o mercado, já há necessidade de ter um site institucional profissional para dar credibilidade à sua empresa.

No início pode ser um site simples, com poucas páginas ou até de uma única página, porém, deve ser funcional, ter design que transmita credibilidade e seja otimizado desde o início.

Assim que sua empresa, ou sua ideia, for tomando corpo e sendo validada pelo mercado, você pode ir incrementando o site com outras páginas. O importante, repetindo, é você dar o pontapé na sua startup gastando o menos possível.

Lembre sempre do tweet do Paul Graham acima, todos os dias.

Claro que, se sua startup depende do seu site, ou seja, o seu produto ou plataforma é o próprio site (saas, por exemplo), você pode levar em conta algo melhor em termos de design e funcionalidades. Mas lembre sempre do tweet do Paul Graham, todos os dias da sua startup.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Consultoria SEOConsultoria ECOMMERCESERVIÇOS DE MARKETING DIGITALContatoLocalizaçãoBlog
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução de qualquer conteúdo do site sem prévia autorização. WEBK Consultoria e Treinamento Eireli - CNPJ 30.601.651/0001-06.
Endereço:
R. Leopoldo Brunkow, 151 - Bom Retiro, Joinville - SC, 89223-394