WEBK Marketing Digital

Como Criar um Curso Online (EaD) e Se Destacar em 2020

Atualizado em 21/02/2020
Por Higor Almeida
12 min de leitura

Veja como criar um curso online e viver do que realmente ama!

Está pensando como criar um curso online para ensinar aquilo que você domina e mais gosta de fazer? Gosta de estar sempre no meio das panelas e adora cozinha? Sabe tudo sobre marketing digital e quer compartilhar seus conhecimentos sobre técnicas de SEO?

Seja lá qual for sua paixão, você encontrará uma forma de montar um curso online sobre o assunto que você domina.

Então continue a leitura desse post para aprender a tirar essa ideia do papel e encontrar uma nova fonte de renda para sua vida.

Ensinaremos hoje como fazer do planejamento à divulgação do curso.

Vamos então ao que interessa!

O mercado de cursos EAD

Com o avanço da tecnologia e da Internet, o mercado de cursos à distância cresceu bastante no Brasil de uns anos para cá. E não somos nós que estamos falando, muita gente grande tem reconhecido isso.

Mercado de Cursos EaD - Ensino a Distância Mercado de Cursos EaD – O ensino a distância é tendência mundial

Veja alguns dados que comprovam o interesse dos brasileiros por essa modalidade de aprendizado:

  • 1,5 milhões de alunos já fazem parte do mercado e-learning, como também é conhecido (fonte);
  • 1 em cada 5 universitários no Brasil fazem matérias à distância (fonte);
  • 48% das pessoas on-line já fizeram cursos pela Internet e 52% cursos livres, aqueles não regulamentados pelo MEC (fonte).

Então, se você estava animado com a ideia de criar um curso on-line, pode ficar ainda mais! Os ventos do mercado estão soprando ao seu favor meu amigo! Agora que você confirmou que realmente pode transformar a sua paixão em um novo negócio, entenda por que as pessoas estão enxergando os cursos à distância como oportunidade.

Vantagens dos cursos à distância

Listamos aqui embaixo alguns pontos que estão atraindo a atenção dos estudantes de cursos on-line, para que você entenda melhor o que está acontecendo. Veja só:

Flexibilidade

Se você se formou em algum curso superior, com certeza teve algum dia em que não estava afim de ir para a aula, não é verdade? Na modalidade de cursos à distância não precisa ser assim. Você assiste as aulas no seu ritmo e sempre que puder.

Revisão

Outro ponto que atrai bastante o público é a possibilidade de assistir alguma aula novamente. Sabe aquele ponto que você não entendeu direito? É só dar um replay e assistir de novo, o que é praticamente impossível de acontecer em cursos tradicionais.

Baixo custo

Com a ajuda da tecnologia, os custos envolvidos com a produção de um novo curso on-line são bem mais baixos. O produto final será criado para ser hospedado em alguma plataforma. Então, na verdade quando alguém o compra, está levando uma cópia desse produto.

Por essa razão, o preço final repassado aos clientes tende a ser mais baixo.

Quao custo para um curso de ensino a distância? Quao custo para um curso de ensino a distância? Mais baixo que um curso presencial, em tese.

Economia de tempo

Vivemos em uma sociedade em que cada vez mais “tempo é dinheiro”.

Praticamente todo mundo tem que se desdobrar em dois para dar conta de todos os compromissos, não é verdade?

Nesse ponto, a flexibilidade que os cursos EAD oferecem são uma grande vantagem. Você pode assistir às aulas em casa, nos deslocamentos para o trabalho ou onde for.

Basta ter acesso à Internet!

Agora você deve estar ainda mais convencido a apostar na produção de cursos on-line para fazer um dinheirinho extra. Veja então o que você precisa executar para tirar a sua ideia do papel!

Como criar um curso online: as melhores dicas!

E agora que você já sabe que o mercado de cursos à distância está a todo vapor e conhece as vantagens que um curso online proporciona, vamos às melhores dicas para tirar sua ideia do papel e começar a ganhar dinheiro com a sua paixão.

Qual público você quer atingir?

Na hora de pensar em como criar um curso online, é importante definir para quem esse curso será produzido. Quem é seu público? Do que ele gosta? Quais problemas enfrenta no dia a dia? Qual a idade dele?

Com essas e outras perguntas respondidas fica mais fácil pontuar os assuntos que serão abordados e o tom da linguagem, por exemplo. Um público mais jovem aceita uma linguagem mais moderna, descolada e até uso de gírias.

Sim! É possível se conectar com a audiência e gerar identificação.

Um trabalho de redes sociais consistente pode ser uma boa fonte de informações sobre o público, através de relatórios e analytics. Vale a pena dar uma olhada.

Escolha um nicho de mercado

Quem está começando agora precisa escolher um tema para produzir o curso, ou, em outras palavras, um nicho de mercado.

Não dá para abraçar o mundo, por isso é preciso definir com precisão se vai falar sobre marketing, saúde ou decoração, por exemplo.

Outra estratégia que pode ser usada é a abordagem de nichos mais específicos dentro dos principais, os sub-nichos.

Fala de marketing? Experimente dar dicas de SEO, uso e atualizações de redes sociais ou mídia paga. Dessa forma, você está complementando o foco principal do curso. Esses temas podem até ser apresentados como um bônus para o cliente.

Mas, claro, é sempre importante ter em mente que esse nichos secundários devem fazer parte dos interesses do seu público. Daí, mais uma vez, a importância de conhecer suas características.

De olho na concorrência

Bom, agora que seu nicho está definido e você conhece um pouco melhor sua audiência, chegou a hora de pesquisar e entender também quem são os concorrentes no mercado, o que estão fazendo de divulgação e atração de novos clientes.

Procure saber também quais assuntos o curso deles aborda, quais formatos de conteúdo foram escolhidos, precificação e condições de pagamento. Mas não pare por aí! Essas são apenas ideias que estamos te dando ok?

Buscando essas informações, veja insights que ainda não tinha pensado e pense em como fazer melhor que a concorrência para superá-la!

Encontre uma plataforma para hospedagem

Outro ponto que você precisa estar atento é a escolha de uma plataforma de hospedagem.

Levante os custos envolvidos com o serviço e veja se a empresa garante a segurança, principalmente com relação a pagamentos.

No Reclame Aqui você também consegue ter uma noção de quem já experimentou os serviços. Atualmente existem boas opções no mercado de cursos on-line, como a Hotmart ou Eduzz.

Não deixe de conferir!

Planeje o conteúdo

E depois de pesquisar todas essas informações iniciais, é hora de botar a mão na massa e tirar as ideias do papel!

O primeiro passo é montar a estrutura geral do curso. Com base no entendimento do público e do estudo dos concorrentes, defina os principais módulos, quais assuntos serão abordados em cada um e a duração de cada aula.

Diversifique os formatos de conteúdo para agradar até o cliente mais exigente. Você pode usar textos, vídeos, e-books, checklists ou planilhas. Quanto mais opções tiver, mais completo e rico ficará o material e mais valor será percebido pelas pessoas.

Crie pautas para conteúdos em texto e roteiros para vídeos. Assim você saberá exatamente o que será abordado e vai garantir que nada passe despercebido.

No caso dos material audiovisual, tenha um cuidado maior! É preciso ter uma boa qualidade de captação do áudio e uma boa iluminação para gravação dos vídeos. Crie um cenário bem atrativo e que esteja alinhado com a sua marca para ter melhores resultados.

Revise o conteúdo

Antes de subir todo o material para a plataforma escolhida é necessário revisar o material e corrigir alguns errinhos que sempre passam, não é mesmo? Eles podem deixar uma imagem pouco profissional, até de desleixo, e não é isso que a gente quer.

Por isso, leia de novo tudo o que você produziu em texto e assista os vídeos com um olhar mais crítico. Se estiver tudo ok e de acordo com o planejada, missão cumprida, parabéns!

Estratégias de divulgação

E agora você venceu o desafio de criar um curso on-line. As pessoas precisam saber disso, principalmente as que têm maior chance e interesse de comprá-lo.

Por isso, divulgue no Facebook, em grupos, faça peças gráficas para o Instagram, fale sobre isso no seu site, grave vídeos ou até envie um novo e-mail para sua base de contatos, falando sobre a novidade. Não se esqueça de criar textos persuasivos e usar todo o potencial que o copywriting pode oferecer!

Estratégias de divulgação para curso a distância - EAD Estratégias de divulgação para curso a distância – EAD

Se puder contar com algum orçamento, crie anúncios para divulgar de forma paga o seu curso e aumentar ainda mais o alcance da mensagem.

Mas o que estamos sugerindo aqui são algumas ideias. Não é preciso fazer necessariamente tudo o que foi falado. Aplique aquelas que estão ao seu alcance e que fazem sentido para você.

Aperfeiçoe seu material

Depois de tanto esforço, chegou a hora de conquistar os primeiros clientes! Aproveite essa oportunidade e peça a eles que te deem um feedback sincero sobre a qualidade do curso online e sugestões de melhoria.

Com essas ideias na mão, aplique no seu material e melhore cada vez mais a qualidade, entregando um infoproduto ainda melhor para os futuros clientes que virão!

Conclusão

Bom, não dá para negar que o mercado de cursos EAD está crescendo a todo vapor no Brasil e no mundo. A flexibilidade, custos mais baixos e a economia de tempo são as principais motivações quando as pessoas querem estudar e aprender alguma coisa nova de forma remota.

E sim, esse mercado novo tem espaço para todos, inclusive você que quer viver da sua paixão, não é mesmo?

Vamos relembrar o que precisa ser feito para criar um curso on-line de forma prática:

  • Entenda quem é o seu público;
  • Defina um nicho de mercado;
  • Descubra quem são seus concorrentes e o que estão fazendo;
  • Escolha uma plataforma de hospedagem;
  • Planeje o conteúdo e produza;
  • Revise antes de publicar e vender;
  • Divulgue o curso nas redes sociais;
  • Peça feedbacks para os clientes e melhore ainda mais.

Bom, e essas foram as nossas dicas sobre como criar um curso online.

Você conhece alguma que não foi falada aqui? Deixe nos comentários que a gente quer saber também.

Não esqueça de encaminhar o texto para quem você acha que vai gostar de ler sobre este assunto, ok?

Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Consultoria SEOConsultoria ECOMMERCESERVIÇOS DE MARKETING DIGITALContatoLocalizaçãoBlog
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução de qualquer conteúdo do site sem prévia autorização. WEBK Consultoria e Treinamento Eireli - CNPJ 30.601.651/0001-06.
Endereço:
R. Leopoldo Brunkow, 151 - Bom Retiro, Joinville - SC, 89223-394