Marketing Digital em Joinville é WEBK Marketing Digital

Olá redatores!

Que bom que você chegou até aqui.

Então gora é hora de ler nossas diretrizes para redação de artigos, sejam artigos para o nosso site, quanto para sites de terceiros.

Esta é sua Meta

Antes de começar qualquer redação, leve em conta que todo texto tem uma META a ser batida, e na maioria das vezes esta meta é alcançar a 1ª posição no Google para a palavra-chave "xxx".

Para alcançar esta meta, um dos pontos principais do seu texto é que ele consiga tanto ser atrativo para a ferramenta de busca, quanto para o leitor.

Primeiro Lugar Buscas Google
Primeiro Lugar Buscas Google

Aliás, uma questão importantíssima é a chamada "intenção de busca".

Um exemplo sobre "intenção de busca":

Concentre-se, pense positivo, e seja inteligente para fazer as escolhas certas, as escolhas com mais chances de rankeamento, pois sua meta é chegar no topo!

Então, comece todo o trabalho sempre planejando o texto e seguindo estes passos básicos:

Palavras-chave (Keyword)

O texto sempre terá foco em uma palavra-chave principal, então deve-se utilizar tanto o termo exato quanto suas variantes e sinônimos.

Você deverá desenvolver o texto em torno desta palavra-chave escolhida no primeiro passo.

Exemplo:

Palavra-chave principal: panela de ferro
Sinônimos e variações: panela esmaltada de ferro, panela de ferro esmaltada, panela de ferro fundido, panela em ferro, etc.

Sempre, antes de iniciar a redação, pesquise no Google em aba anônima do navegador a palavra-chave exata especificada pelo time WEBK ou escolhida por você (caso tenhamos lhe pedido).

Então acesse a página das 3 primeiras POSIÇÕES ORGÂNICAS do resultado e baseie a estrutura do novo texto e subtítulos no que o Google já coloca em primeiro(s) lugar(es).

Exemplo:

Dúvidas com palavras chave ou pré redação, entre em contato conosco.

Escolha da imagem

Busca panelas Pixabay
Busca por "panelas" no banco de imagens Pixabay

Formatação da imagem

Existem duas imagens básicas nos meus sites ou dos meus clientes, a imagem destacada, que a principal imagem do artigo, e as imagens do corpo da postagem.

Ambas você vai formatar da mesma forma, seguindo as dimensões que constam no cartão do site lá no quadro do Trello que disponibilizamos para você.

Caso não tenha o Photoshop no seu computador, use um serviço grátis como o photopea.com para formatar no tamanho correto e siga estas instruções:

Otimização de arquivo de imagens para SEO
Otimização de arquivo de imagens para SEO

Upload da imagem

Com a imagem pronta, agora é só fazer o upload no site.

Após upload no site, falta fazer mais uma coisinha rápida: colocar na foto as tags Alt e Title no menu lateral à direita, bem como colocar opção de largura 100% neste mesmo painel da imagem.

Links internos e externos

A escolha dos links internos e externos é FATOR IMPORTANTÍSSIMO para o SEO tanto da postagem quanto do site em geral.

Tipos de Links

Links Internos são os links que apontam para outras páginas dentro do site, para as páginas principais, para as money pages, para as páginas que queremos rankear. Tem poder IMENSO para o entendimento do Google sobre o conteúdo do site.

Links Externos são os links que apontamos para outros sites. Da mesma forma que links internos, eles desempenham papel importante no entendimento pelas ferramentas de pesquisa.

Ferramenta grátis para checagem de backlinks ahrefs
Ferramenta grátis para checagem de backlinks da ahrefs

Diretrizes para links

Ex do que não fazer: no site aspanelas.com.br colocar um link na palavra "panela de ferro" direcionando para outro site. JAMAIS.

As melhores ferramentas de marketing digital são aquelas que te trazem os melhores resultados e proporcionam confiança e resultados confiáveis.

Dependendo de quem for utilizar a ferramenta, este"melhor resultado" pode variar bastante, pois deve-se levar em conta o nível de profissionalismo e a necessidade da empresa ou do site onde você irá aplicar essas ferramentas de marketing digital.

Antes de iniciar a lista das melhores ferramentas de marketing online para se usar em 2021, vamos falar sobre alguns pontos importantes.

O que são ferramentas de marketing digital?

São ferramentas que ajudam, facilitam ou desempenham papéis importantes em determinadas tarefas quando se trata de marketing digital.

Existem inúmeras possibilidades e nichos do marketing digital que fazem uso de ferramentas (online, em sua maioria), e é isso que vamos trazer neste artigo.

Estou listando ferramentas que podem ser tanto usadas por profissionais iniciantes quanto por profissionais experientes, a diferença realmente será na aplicação, ou melhor, dependerá do site ou rede social, ou aplicação a serem utilizadas.

Quais as Melhores Ferramentas de Marketing Digital em 2020?

Muitas das ferramentas que listarei no texto abaixo estão aí há muitos anos. Várias delas são consagradas e outras nem são muito conhecidas, mas tem características excepcionais para algumas utilizações.

Entenda que "ferramenta para marketing digital" engloba tudo o que envolve a divulgação de um negócio no mundo online. Então, um site é uma ferramenta para marketing online. Mesma coisa para um perfil em uma rede social ou uma ferramenta para testes A/B.

Vamos começar escolhendo o melhor servidor de hospedagem para seu site, pois pense comigo. O marketing digital começa desde o básico e esse básico, pensando-se em sua empresa, é ter seu site, e melhor, obviamente, se for um site institucional otimizado para SEO já desde o início.

Então, a sequência da lista será:

Vamos lá?

Qual o melhor servidor de hospedagem que devo contratar?

A resposta vai depender do seu estado atual como empresário, ou melhor, do tamanho da sua empresa e o aproveitamento que ela faz do seu site.

Se for uma empresa que tenha pouco tráfego, digamos, abaixo de 1.000 visitas por dia, você pode utilizar um tipo de servidor compartilhado, sem problema algum. Ele tem custo baixo e vai suprir sua demanda por um bom tempo.

Se sua empresa já tiver um número maior de visitas diárias, então você pode optar por planos de hospedagem um pouco mais sofisticados, como o cloud, o VPS, ou num caso mais extremo, um servidor dedicado.

Hoje, uma ótima opção de hospedagem para sites de baixo volume de visitas, que é o caso do nosso site, é o plano cPanel da Hostinger (em promo aqui).

Qual a melhor plataforma CMS que devo adotar em meu site?

Existem algumas possibilidades no mercado, e tudo vai depender do tipo de site que você está pensando em comprar.

Para sites institucionais, por exemplo, normalmente se opta pelo WordPress por ser o CMS (content management software ou software de gerenciamento de conteúdo) mais difundido no mundo, e por isso exitem inúmeras opções de plugins.

Para sites institucionais ainda existem outras opções que podemos levar em conta, como Drupal, por exemplo. Drupal é um CMS bem robusto e que costuma ser utilizado em projetos de sites para grandes empresas.

Para sites de ecommerce, as conhecidas lojas virtuais, existem dois caminhos: plataforma própria ou plataforma alugada. Os dois modelos tem seus prós e contras, e abordaremos este assunto em outro artigo.

Se tratando de um site para ecommerce próprio, onde você é o dono e mantenedor do sites, existem algumas possibilidades, porém, duas se destacam: Magento e WordPress Woocommerce.

Entre as duas opções, Magento é sem dúvida a mais completa e robusta, porém, muitas vezes você não precisa de tanto para iniciar seu negócio, dependendo do ponto de vista, é claro. Se você é ambicioso e imagina seu negócio crescendo bastante em pouco tempo, opte pelo Magento. Agora, se você é mais pé no chão e precavido quando se fala em custo fixo e capital para investimento, o Woocommerce é uma boa opção.

Vale lembrar que se você quer ter resultado em menos tempo e se preocupa com o retorno do seu investimento, é altamente recomendável contratar nossa consultoria em comércio eletrônico. Com ela você aprenderá muito sobre ecommerce em pouco tempo, o que lhe poupará bastante tempo e dinheiro.

Os melhores CMS para seu site são:

A melhor ferramenta de automação de email marketing

A melhor ferramenta de automação de emails, na nossa opinião, é a Sendinblue (contrate aqui).

Se você não sabe, o email marketing, mais precisamente as campanhas de automação de email marketing estão juntas com SEO e remarketing como as ferramentas com maior ROI do marketing digital.

Então, seja qual for seu negócio online, não deixe de capturar emails dos visitantes.

Claro que existem as técnicas corretas e as melhores ferramentas e táticas tanto para capturar quanto para fazer a automação dos emails em si. Se você tem interesse em implantar (e deveria ter!) em sua empresa, no seu site, entre em contato e descubra como podemos lhe ajudar com a escolha, setup e otimização das suas campanhas de automação de email marketing.

Abaixo listamos algumas ferramentas que podemos usar em algumas automações, dependendo da necessidade do cliente:

SendPulse - Uma boa opção de ferramenta para automatizar suas campanhas de email marketing é a SendPulse. Com ela você tem uma boa quantidade de opções disponíveis em sua automação de email. Uma delas é a integração com Zapier que envia a URL exata onde ocorreu a inscrição do visitante, o que abre uma grande possibilidade para segmentação de envios. Veja mais sobre o SendPulse aqui.

Sendinblue - Plataforma de automação de email marketing com um dos melhores custo benefícios do mercado mundial pois não impõe limite de contatos. Seu plano baseia-se no número de mensagens enviadas. Utilizamos na grande maioria das automações, inclusive em nosso próprio site. A Sendinblue tem um plano grátis para sites iniciantes e sem limite de contatos. Saiba mais sobre as opções no Sendinblue aqui.

GetResponse - Sem dúvida uma das melhores plataformas de automação de emails no mundo inteiro, possui interface muito agradável e com uma usabilidade fenomenal. Com ela você pode fazer qualquer tipo de automação de emails e em vários níveis. Ferramenta super completa, porém, com preço salgado nessa época de dólar alto. Veja mais sobre a GetResponse aqui.

Existem inúmeras outras ferramentas de automação de email, então faremos outro artigo falando somente sobre elas.

Melhor ferramenta de marketing digital para SEO

No mercado existem muitas ferramentas usadas para lhe ajudar no dia a dia de seus projetos para SEO, algumas dessas ferramentas são bem conhecidas, outras tem surgido recentemente e ainda não tiveram tempo para provar seu valor, mas são ótimas.

Para muitas ações, ou atividades, você nem precisa de uma ferramenta paga. Veja o caso de pesquisa de palavras chave, por exemplo. Uma das melhores opções é o próprio Planejador de Palavras chave do Google Ads, que é grátis. Você precisa apenas de uma conta na plataforma, o que é grátis também.

Melhores ferramentas para auditoria SEO

Melhores ferramentas para pesquisa de palavras chave

Entre as ferramentas de pesquisa de palavras chave disponíveis, você encontrará uma variedade de finalidades e de valores. Porém, para a maioria dos

Melhores ferramentas para monitoramento de ranking

Toda empresa necessita de um site profissional, bem feito, rápido e otimizado para dar uma boa impressão, e é isso que empreendedores deveriam buscar quando pensam em contratar um site para startup.

Com a febre das startups surgindo em todo o mundo (e isso é ótimo!), muitos potenciais empreendedores se deparam com a necessidade de mostrar sua ideia para o mundo. É aí que entra o site institucional da sua startup. Nele você vai mostrar sua ideia do negócio e expor informações importantes para conquistar clientes e novos investidores.

Neste artigo falaremos sobre a importância de se ter um bom site para startup, de qualquer segmento, pois a primeira impressão é a que fica.

Preciso de um site para minha startup? O que devo levar em conta?

Primeiramente, você não deve começar sua empresa pensando em gastar, muito menos pensando em gastar um pouco mais do que precisa só para ter um site que você julga ser adequado. Vejam o que Paul Graham, investidor de risco no Vale do Silício diz sobre a morte de startups:

Investidor anjo paul Graham sobre a causa da morte de startups
Tweet do investidor derisco Paul Graham sobre a principal causa da morte de startups

Traduzindo o tweet de Paul Graham: "A causa #1 da morte de uma startup é fazer algo que ninguém quer. A causa #2 é gastar muito. Estas duas são as causas de tantas mortes que eu nem mesmo estou certo de qual seria a causa #3.  Se você simplesmente fizer algo que as pessoas querem e não gastar muito, você estará bem na frente."

Você está no início de uma jornada de muito esforço mental e financeiro, então, um site para startup custando milhares de reais não fará diferença alguma, e pode ainda ajudar a matar sua empresa.

Caso esteja pensando em receber ajuda de investidores anjo, se você gastar em supérfluos ou gastar demais de forma geral, o investidor perceberá que você é um gastador e provavelmente afastará a possibilidade de investir em sua ideia.

Neste início gaste pouco e, principalmente, foque no seu produto. Ele precisa resolver um problema e ajudar as pessoas ou empresas, afinal, um produto que ninguém quer fará com que sua startup morra.

Qual é a hora de investir em um website para minha startup?

Depois que sua ideia estiver funcionando (mesmo que um MVP) e estiver na hora de atacar o mercado, já há necessidade de ter um site institucional profissional para dar credibilidade à sua empresa.

No início pode ser um site simples, com poucas páginas ou até de uma única página, porém, deve ser funcional, ter design que transmita credibilidade e seja otimizado desde o início.

Assim que sua empresa, ou sua ideia, for tomando corpo e sendo validada pelo mercado, você pode ir incrementando o site com outras páginas. O importante, repetindo, é você dar o pontapé na sua startup gastando o menos possível.

Lembre sempre do tweet do Paul Graham acima, todos os dias.

Claro que, se sua startup depende do seu site, ou seja, o seu produto ou plataforma é o próprio site (saas, por exemplo), você pode levar em conta algo melhor em termos de design e funcionalidades. Mas lembre sempre do tweet do Paul Graham, todos os dias da sua startup.

O chatbot surgiu diante de um desafio enfrentado por empresas de todos os portes e segmentos, com o aumento da visibilidade e dos canais digitais com os clientes:

Como lidar com um público consumidor cada vez maior, com as variadas questões e prestar um bom atendimento ao mesmo tempo individualizado?

São milhões de pessoas pesquisando na internet, tirando dúvidas e comprando todos os dias mas também nas madrugadas, finais de semana e feriados. Para sites institucionais e lojas virtuais funcionarem 24 horas por dia, 7 dias por semana tornou-se natural e essencial em praticamente todos os negócios com um canal online disponível.

A tecnologia, que nos colocou no oceano de possibilidades, também encontrou formas de garantir o atendimento sem perder a qualidade e sem um grande investimento: são os chatbots.

Mas afinal, o que são os chatbots?

São uma forma de comunicação informal (chat) de pessoas com robôs de atendimento (bot), sistemas desenvolvidos para gerar uma conversação fluida a partir de uma base de perguntas e respostas previamente definidas.

Para que serve o chatbot?

Um atendimento em chatbot nos aproxima da experiência humana através da possibilidade (infinita) de usar a base de conhecimento e os processos end-customer da empresa em scripts que obedecem uma lógica do que seria feito por pessoas.

No marketing digital, algo que se aproxima do uso de chatbot quando o assunto é automação são as campanhas automáticas de email marketing. Embora não sirva para fazer o primeiro atendimento, como pode fazer o chatbot, as campanhas de automação de email são ótimas ferramentas do pós venda.

Enfim, vamos falar um pouco mais dos chatbots.

Podemos dividir os serviços atuais de chatbot em dois tipos:

Chatbot com base em regras

É o tipo mais conhecido e usado, o funcionamento é baseado em palavras-chaves que determinam os fluxos de navegação a cada informação recebida.

Tem a limitação natural de não interpretar o que não estiver no script. Nesse caso, o atendimento é transferido para uma pessoa, mas os passos anteriores, bem parametrizados, são capazes de reduzir ao máximo essa possibilidade.

Ele deve ser constantemente atualizado e enriquecido com a base de conhecimento e as atualizações de regras de negócio e processos.

Chatbot com base na inteligência artificial

Aqui, o chatbot tem a capacidade de interpretar o que a pessoa escreve ou fala.

O sistema aprende a linguagem natural, se enriquece e aperfeiçoa com as próprias experiências de atendimento que adquiriu ao longo do tempo.

Está se tornando cada vez mais presente nas empresas, pois proporciona uma experiência mais atraente e mais humana para o cliente.

Quais as aplicações dos chatbots?

Com o crescimento contínuo da qualidade dos softwares dedicados ao atendimento robótico, talvez seja mais fácil dizer onde não se aplicam os chatbots.

A possibilidade de parametrizar os principais processos da empresa, transformando em receitas de atendimento, é possível em todos os tipos de negócio. Podemos destacar as áreas onde essa tecnologia está mais presente atualmente.

Atendimento a clientes

Naturalmente, é a área de maior presença, pois o atendimento robótico nasceu da necessidade de atender mais pessoas ao mesmo tempo e em menor tempo, seja em um site institucional ou em um site de ecommerce. Em qualquer uma das opções o atendimento via chatbot hoje em dia é indispensável.

Alguns exemplos de fluxos que podem ser implementados são os abaixo, mas cada empresa pode definir os mais críticos ou onde o ganho de relacionamento é maior.

Campanhas de vendas

O recurso pode ser usado para criar uma interação com o potencial consumidor e que o leve a se interessar pelo produto ou cadastrar dados de contato, abastecendo outras estratégias de marketing da empresa e gerando leads para o negócio.

Pesquisas de mercado e satisfação

As pesquisas se tornam entediantes no formato tradicional quando lidamos com um público que exige velocidade. Com uma pesquisa de chatbot, a fluência das perguntas pode ser feita em uma sequência lógica atraente e evitar a desistência.

Um tipo de pesquisa muito difundido hoje em dia e muito utilizado por grandes empresas do mundo todo é o NPS, ou Net Promoter Score.

Quais os benefícios do uso dos chatbots?

As vantagens e benefícios são muitas e todas levam aos objetivos principais do negócio – prestar um atendimento mais abrangente e eficiente e melhorar o relacionamento com os clientes.

Vamos falar dos principais:

1 – Reduzir custos operacionais

É possível reduzir as equipes de atendimento pessoal, pois o chatbot torna-se um primeiro atendimento onde a grande maioria das questões pode ser solucionada.

Além disso, mesmo em sazonais de alta ou com crescimento contínuo de vendas, um robô sempre será capaz de absorver a demanda de atendimentos. Dessa forma, também é possível evitar custos de horas extras ou contratações temporárias.

2 – Agilidade e eficiência no atendimento

Mais consumidores para a mesma equipe de atendentes significa aumento do tempo médio, reduzindo o volume diário de atendimentos e gerando clientes insatisfeitos por não serem atendidos.

Além da disponibilidade imediata, o chatbot resolve um problema crítico em grandes centrais: a falha humana nas respostas. Fluxos de navegação bem configurados eliminam este risco – no máximo, encaminham para o atendimento humano (uma pequena parcela).

3 – Disponibilidade total

Essa é uma das maiores vantagens de adotar esse sistema: ter um canal de atendimento que funciona ininterruptamente. E como se fosse dia útil: muitos e simultâneos.

Quando um cliente pode gerar um boleto no domingo à noite através do atendimento robótico, isso fará muita diferença no conceito de atendimento da empresa.

4 – Criar e aumentar o engajamento

O atendimento robótico pode impulsionar o engajamento da marca com os clientes e potenciais clientes através das informações coletadas no movimento diário, campanhas e pesquisas.

O chatbot pode ser um grande aliado para gerar audiência que pode ser compartilhada com as estratégias de marketing digital do negócio.

Espero que você tenha gostado desse artigo, onde procuramos abordar a importância cada vez maior dos chatbots na vida diária das empresas para aumentar a qualidade do atendimento e do relacionamento com os clientes.

Saber como otimizar Google Meu Negócio, ou melhor, o perfil da sua empresa no Google Meu Negócio através de técnicas de SEO local é uma ótima tática para apresentar sua empresa a novos clientes.

E a otimização é o assunto que veremos neste artigo.

A Otimização de Perfil no Google Meu Negócio Com SEO Local

Um perfil com constantes atualizações faz com que sua empresa apareça em resultados de pesquisas locais.

Cada vez mais empresas utilizam desse recurso como ferramenta de marketing digital. E além de conseguir posições de destaque entre as pesquisas, você também ganha exposição gratuita em outras áreas do buscador, como o Google Maps e o SERPs.

Como otimizar Google Meu Negócio para SEO local
Como otimizar Google Meu Negócio para SEO local - Siga os passos descritos em nosso artigo

Por ser uma ferramenta gratuita, o Google se vale de indicadores técnicos e comportamentais ao avaliar as milhares de empresas cadastradas, num processo parecido como o de SEO.

Entenda como fazer a otimização de sites e do seu perfil, utilizando o Google Meu Negócio como estratégia a seu favor.

O que é o Google Meu Negócio?

O Google Meu Negócio (faça seu cadastro aqui) é uma ferramenta que visa o gerenciamento online de informações das empresas, uma dos maiores apostas do marketing digital para sua empresa no ano de 2020. A respeito de critérios de busca, é essencial.

É uma ferramenta que oferece um diálogo entre a empresa e os clientes, além também de oferecer aos empreendedores a possibilidade de passar importantes informações aos usuários, como: endereço, telefone, horário de funcionamento, reviews sobre seus produtos e eventos.

A plataforma também permite que os donos acessem as informações de como os seus clientes pesquisaram sua empresa e também de onde são, quantas pessoas entraram em contato com a empresa com o telefone cadastrado na conta, quantos pedidos foram feitos por rota e também quantos cliques tiveram.

Para usar este sistema, você primeiramente deve criar loja virtual ou o site, e em seguida, fazer o cadastramento de sua empresa. Ao estar cadastrada no site você vai estar trazendo relevância para sua empresa, mesmo que de forma indireta, e pode oferecer a oportunidade de impulsionar sua página a atingir posições de destaque nas páginas de resposta realizadas pelo Google.

Obs: Caso você tenha necessidade de implantar uma estratégia de SEO em sua empresa ou seu site e não sabe como deve começar, entre em contato com nossa agência SEO para que possamos lhe ajudar.

Como otimizar Google Meu Negócio
Como otimizar Google Meu Negócio para SEO local?

Um dos principais fatores depois de cadastrar sua empresa, é a necessidade o maior número de informações possíveis dela. Colocar fotos (recebem 2% mais solicitações de rotas de carro e 35% mais cliques que as demais empresas) e cadastrar de maneira completa os dados, são um grande fator para atrair possíveis clientes.

Durante tempos em tempos a ferramenta costuma ser atualizada, por isso é importante você sempre estar por dentro das novidades.

Como otimizar o Google Meu Negócio?

Você como empresa irá dizer para a ferramenta que produto você vende, qual seu público e em qual cidade ou região você faz entrega. Sem contar que a própria ferramenta lhe oferece dicas de quais informações são mais relevantes em seu perfil, quais anúncios estão tendo grande engajamento e colocar mais informações para contato.

Por exemplo, nós prestamos serviços de SEO em Joinville, então este tipo de informação deve fazer parte das suas postagens no Google Meu Negócio. Não tem segredo.

Se o anúncio for de maior relevância para o consumidor, ele terá priorização. Independente de seu orçamento. O Google Meu Negócio irá também lhe oferecer dicas para conseguir competir no público que consegue entregar produtos e serviços de empresas dos mais diversos tamanhos.

Google Postagens

Nesta ferramenta, por meio do SEO no Google Meu Negócio, você pode criar posts que serão exibidos quando seu site aparecer nos resultados de pesquisa. Você pode utilizar vídeos, fotos e postagens as quais se adequam a sua empresa.

Usando esta ferramenta você mantém seu público atualizado sobre as notícias de seu negócio. Além de se autopromover, você automaticamente aparece nas pesquisas do Google Maps.

É importante lembrar que essas postagens não são permanentes e são apagadas depois de sete dias.
Agendamentos

Outro recurso disponível no Google Meu Negócio é de permitir que os usuários façam reservas e agendamentos em sua empresa. Essa ferramenta possui um link onde você o leva para um landing page onde é possível fazer o agendamento para você.

Mantenha sua conta Google Meu Negócio atualizada

Mesmo se tratando de pesquisas locais (veja outro artigo sobre SEO Local aqui), quem não está presente, dificilmente será encontrado.

Você pode incluir uma sessão de perguntas e respostas em sua página. Lembre-se de sempre interagir e responder as perguntas mais comuns de seus potenciais clientes. O controle está todo em suas mãos, pois você pode excluir perguntas e reclamações irrelevantes, deixando visíveis apenas as perguntas que ajudem o público.

Siga nossas dicas e tenha seu perfil mais otimizado e pronto para atender todos seus clientes.

Quais são os benefícios de ter um site institucional e como acompanhar todas as mudanças no mundo dos negócios e ter uma excelente presença online?

A maneira de fazer negócios mudou bastante nas duas últimas décadas. A internet foi a principal causadora dessas transformações.

Por que ter um site institucional?

A presença digital significou um salto em canais como vendas e marketing. Com as empresas na internet e as pessoas mudando seus hábitos de compra, tornou-se essencial que o negócio se apresentasse online, com o objetivo de se tornar conhecido.

Assim, surgiu o site empresarial, ou institucional.

Site institucional Cliente Pires Acabamentos
Site institucional otimizado para nosso cliente Pires Acabamentos de Baurú SP

Desde então há um esforço coletivo de profissionais de diversas áreas para criar um site institucional objetivo e harmonioso, com as informações essenciais para orientar e atrair o potencial cliente.

Toda essa movimentação envolve esse esforço mútuo e também muito conhecimento e atualização constante em áreas como empreendedorismo, desenvolvimento web, marketing e outras.

Por isso é tão importante que a qualificação profissional acompanhe a dinamicidade do ambiente online. Sorte que, além da educação formal em cursos de graduação, se pode contar com as facilidades do ensino a distância e aprender muito fazendo cursos online com certificado, adicionando novas competências ao currículo.

Quer saber mais sobre a importância do site institucional e o que ele pode significar para os negócios? Acompanhe a leitura!

O que é um site institucional?

Um site institucional é um “local” online onde se concentram as informações sobre determinada empresa. Serviços, produtos, objetivos, localização, contato e pedido de orçamento são exemplos dessas informações.

Importante salientar que um site institucional não é um site de vendas online. Ele é como um “demarcador de território” de determinado negócio na internet. É também otimizado para que seja encontrado pelos mecanismos de busca.

Como é estruturado um site institucional?

O que se deve ter em mente ao criar um site constitucional é que é uma ferramenta que pode ser um diferencial aos negócios, no sentido de fazer crescer a cartela de clientes, aumentar as vendas e, consequentemente, os ganhos.

Assim, o site deve ser atrativo e entregar o que o cliente busca: informações relevantes.

Arquitetura de site institucional básico
Arquitetura de um site institucional básico

Um cuidado que se deve ter é o de oferecer um layout limpo, sem muitas distrações. Deve seguir a identidade visual da empresa, principalmente as cores.

Outro ponto importante é que seja responsivo, ou seja, se adapte ao formato de telas de dispositivos móveis.

Sua estrutura é basicamente formada pelas seguintes páginas:

Como você pode perceber, a melhor maneira de uma empresa entrar e se apresentar na internet é por meio de um site institucional. Independentemente do segmento ou tipo de negócio, o velho clichê “quem não é visto não é lembrado” é bem verdadeiro.

Lembrando quem quer aprender mais sobre desenvolvimento de sites e técnicas de otimização para mecanismos de buscas que há uma grande oferta de cursos online voltados a essas temáticas, bem como a negócios online.

Compartilhe nosso artigo com seus amigos e conhecidos e nos deixe um comentário abaixo!

Consultoria SEOConsultoria ECOMMERCESERVIÇOS DE MARKETING DIGITALContatoLocalizaçãoSobre a WEBKBlog
Política de privacidadeTermos de usoSitemap
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução de qualquer conteúdo do site sem prévia autorização. WEBK Consultoria e Treinamento Eireli - CNPJ 30.601.651/0001-06.
Endereço:
R. Waltraud Puschel, 154 - Jardim Sofia, Joinville - SC, 89223-399
Dúvidas?
Fale conosco